Ney Matogrosso critica 'roubalheira no governo Dilma' e é xingado de 'Bicha Velha' por petistas


O Globo - No camarim para o show de lançamento do DVD “Atento aos sinais”, que lotou a Fundição Progresso no fim de semana, Ney Matogrosso contou que nada tem chamado mais a sua atenção do que o cenário político brasileiro.“Mesmo quando não quero ver, eu vejo. E esse espetáculo da política está demais.
A bomba estourou no colo dela”, disse, referindo-se à presidente Dilma.“Tudo que foi dito que não aconteceria está acontecendo agora: falta de luz, falta d’água, violência nas ruas. Os exemplos são os piores possíveis.
É uma pena”, lamentou. “E isso se reflete na violência policial, no comportamento das pessoas. Se podem matar, também posso. Se podem roubar, eu posso também, é esse o raciocínio”.Ney, que em maio do ano passado fez duras críticas ao PT numa entrevista a uma emissora de TV portuguesa, confessa que está perplexo com o que tem visto — mas nem um pouco surpreso.“Eu não tinha ilusões quanto a isso”, disse. “A impressão é de que entramos em decadência sem ter chegado a um apogeu”, concluiu ele, pouco antes de trocar a discreta camiseta cinza com decote em V pelo figurino brilhante de paetês.“É uma pena, mas acho bom ser ela (Dilma) a arcar com isso. A roubalheira e toda a sujeira vieram de lá. O governo dela é que armou isso”, constatou.

PETISTAS XINGAM O CANTOR
Irritado com críticas à Dilma, Eduardo Goldenberg pratica homofobia contra Ney Matogrosso (Com informações de O Globo e Luiano Ayan)
0