Violência contra jovens do Amazonas será debatida em CPI no Senado

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga o assassinato de jovens realiza nesta sexta-feira (4), a partir das 9h, audiência para debater as políticas públicas de combate à violência contra jovens no estado do Amazonas.

Em requerimento para a realização do debate, apresentado à CPI no dia 17 de agosto, o relator, senador Lindbergh Farias (PT-RJ), afirmou que, nas três semanas anteriores ao pedido, cerca de 60 assassinatos foram cometidos em Manaus.

— No primeiro final de semana, 35 homicídios foram registrados, sendo 24 de jovens, e dois não identificados. Diante da gravidade de tais eventos, solicitamos que esta comissão organize uma audiência pública em Manaus para analisar o tema — justificou.

Para o senador, é imperioso que a comissão promova a apuração de fatos, com o objetivo de “nutrir os órgãos de responsabilidade civil ou criminal de material suficiente para a efetiva investigação, assim como especialistas e pesquisadores da sociedade civil para que possam desenvolver os seus estudos”.

Foram convidados para o debate representantes da Secretaria Estadual de Segurança Pública e do Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas, da Polícia Militar e Civil do Estado, da Procuradoria Geral de Justiça e da Defensoria Pública do Amazonas, da Comissão dos Direitos Humanos da OAB/AM, da Cáritas Arquidiocesana de Manaus, da Pastoral da Juventude e do Conselho Estadual de Juventude.

A audiência pública será realizada na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas, em caráter interativo, com a possibilidade de participação popular. As participações podem ser feitas por meio do Portal e-Cidadania, no endereço www.senado.leg.br/ecidadania, e do Alô Senado, pelo número 0800 61 22 11.
Fonte: Agência Senado

0